English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ANIVERSÁRIO DE 80 ANOS DA PUBLICAÇÃO DE O HOBBIT

Por J. B.

Autor & Obra.

Hoje completa-se oitenta anos da primeira publicação de O Hobbit, do Professor britânico John Ronald Reuel Tolkien, mais conhecido como J. R. R. Tolkien, sua publicação original ocorreu no dia 21 de setembro de 1937, sendo aclamado pela crítica e recebendo os prêmios Medalha Carnegie e um prêmio do jornal New York Herald Tribuna de melhor ficção juvenil.

Arte de Alan Lee.
Bom, vamos a história... No início dos anos 1930, o Professor Tolkien buscava uma carreira acadêmica na Universidade de Oxford como Professor titular da cátedra Rawlinson e Bosworth de anglo-saxão, com uma associação à Pembroke College. Ele teve dois poemas publicados em pequenas coleções: Goblin Feet e The Cat and the Fiddle: A Nursery Rhyme Undone and its Scandalous Secret Unlocked, uma reformulação da canção de ninar Hey Diddle Diddle.

Seus esforços criativos neste momento também incluíram uma coleção de cartas intituladas The Father Christmas Letters para os seus filhos, manuscritos ilustrados que contaram com gnomos e duendes guerreando, e um atencioso urso polar, juntamente com a criação de idiomas élficos e uma mitologia, que tinha vindo a desenvolver desde 1917.

Todas essas obras foram publicadas postumamente.  Em uma carta que enviou ao escritor norte-americano W. H. Auden em 1955, Tolkien recorda que começou a trabalhar em O Hobbit na década de 1930, quando ele estava marcando papéis de Certificados Escolares. Ele encontrou uma página em branco e declarou em uma entrevista:

"Um dos alunos deixou uma das páginas em branco – possivelmente a melhor coisa que poderia ocorrer a um examinador – e eu escrevi nela: 'Em um buraco no chão vivia um hobbit', não sabia e não sei por quê."

Ao final de 1933, Tolkien havia terminado a história, depois ele emprestou o manuscrito para algumas pessoas, entre elas a Reverenda Madre de Cherwell Edge, o escritor e amigo C. S. Lewis, e uma estudante chamada Elaine Griffiths. Em 1936, quando Griffiths foi visitada em Oxford por Susan Dagnall, uma bacharel de Oxford , que trabalhava para a editora Allen & Unwin, sediada em Londres, mostrou o livro para Stanley Unwin, que então pediu ao seu filho Rayner, de dez anos de idade, para analisá-lo. Os comentários favoráveis de ​​Rayner resultaram na decisão da Allen & Unwin de publicar, em 1937  a primeira edição de O Hobbit.

Critica de Rayner Unwin.
"Bilbo bolseiro era um Hobbit que morava em sua toca de Hobbit e nunca se metia em aventuras, finalmente Gandalf, o mago e seus anões o persuadiram a ir com eles. Ele teve várias aventuras, lutando contra goblins e wargs. Finalmente eles chegaram à Montanha Solitária. Smaug, o dragão que a guardava é morto e após uma batalha terrível contra os exercícios de goblins ele retorna para casa rico! Este livro, com o auxílio de mapas, não requer quaisquer ilustrações. É bom e deve agradar todas as crianças entre 05 e 09 de idade."

A Allen & Unwin, publicou a primeira edição de O Hobbit em 21 de setembro de 1937 com uma tiragem de 1.500 exemplares, que se esgotou em dezembro do mesmo ano, por causa de críticas entusiastas e da ampla divulgação boca-a-boca por parte dos leitores, esta primeira impressão foi ilustrada em preto e branco pelo próprio Tolkien, que desenhou a sobrecapa também.

Na época, a editora americana Houghton Mifflin, sediada tanto em Boston como em Nova York, redefiniu o tipo para uma edição americana, a ser lançada no início de 1938, em que quatro das ilustrações seriam gravuras coloridas. 

Allen & Unwin decidiu incorporar as ilustrações coloridas em sua segunda edição, lançada no final de 1937. Apesar da popularidade do livro, o racionamento de papel provocado pelas condições da Guerra não terminou até 1949, e isto significou que a obra esteve muitas vezes indisponível para compra durante este período.

À época de seu lançamento, a maioria dos comentários da crítica literária sobre O Hobbit foram positivos tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos. Muitos deles continuaram a publicidade realizada pela Allen & Unwin, que havia comparado o livro com Alice no País das Maravilhas e do outro lado do espelho, dois romances do inglês Lewis Carroll. No entanto, Tolkien não gostou da comparação e a referência desapareceu na segunda edição de 1965.

A Companhia de Thorin Escudo-de-Carvalho.
O escritor britânico C. S. Lewis (amigo de Tolkien e autor da série de fantasia As Crônicas de Nárnia), publicou duas críticas anônimas no suplemento literário do jornal inglês The Times e no The Times em si, em que elogiou tanto o romance quanto Tolkien e previu o futuro sucesso da obra, escrevendo:  

O Dragão Smaug e o tesouro dos anões.
"A verdade é que neste livro uma série de coisas boas, nunca antes unidas, chegaram juntas: um fundo de humor, uma compreensão de crianças, e uma fusão feliz do erudito com a compreensão de mitologia do poeta... O professor deu um ar de não inventar nada. Ele estudou trolls e dragões em primeira mão e os descreveu com essa fidelidade que é equivalente a oceanos de simplista 'originalidade'".

Apesar de ter dado início em 1937 com O Hobbit, o livro infanto-juvenil, foi somente após o lançamento da trilogia de "O Senhor dos Anéis" (1954-1955) que Tolkien passou a ser conceituado por milhões de fãs. Em 1996, uma pesquisa feita pela livraria londrina Waterstone's, que conta com mais de 200 lojas em toda Grã-Bretanha, em parceria com o canal de televisão Channel 4, elegeu O Senhor dos Anéis como o melhor livro do século e O Hobbit entre os vinte melhores.

Uma outra pesquisa, datada de 2003, feita pela BBC, perguntando às pessoas qual o livro favorito delas, "O Senhor dos Anéis" ficou em primeiro, e "O Hobbit" em vigésimo quinto. Foram vendidos mais de 50 milhões de exemplares em vários países, traduzido para 34 idiomas, juntamente com legiões de fãs que se dedicam a ler e estudar a obra do autor.

O fato de ter ganho uma notoriedade mundial  provocava mais transtornos que prazer ao Tolkien, pois visitantes excêntricos afluíam ao seu encontro, ocorreram ocasiões em que fãs norte-americanos telefonavam durante a madrugada para a casa dele, sem levar em conta o fuso horário por exemplo. Tais fatos tiveram grande peso em sua decisão de se mudar para Bournemouth.

Edições posteriores em inglês foram publicadas em 1951, 1966, 1978 e 1995, o romance foi reeditado com frequência por muitos editores.

No mais, só posso fazer um agradecimento póstumo ao Professor Tolkien, que deve estar ao lado de Eru Ilúvatar, juntamente com sua esposa Edith Bratt, por nos ter presenteado com essa obra linda, e com esse fantástico universo contido na Terra-Média.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

DIVULGADO 1ª TRAILER DO LONGA TOMB RAIDER: A ORIGEM

Por J. B.  

Hoje a Warner Bros. liberou o 1ª trailer do longa Tomb Raider: A Origem, que irá reiniciar a franquia nos cinemas, prometendo uma jornada entusiasmante pelo mundo da icônica mulher que conhecemos nos videojogos, o trailer tem cerca de 02 minutos e 10 segundos. 

O novo Tomb Raider é uma adaptação da nova série de games iniciada em 2013 pela Crystal Dynamics, o diretor do longa-metragem, Roar Uthaug, disse anteriormente que o filme seria inspirado nas histórias mais sombrias de Lara Croft.

Durante uma entrevista para o The Hollywood Reportagem, Alicia Vikander, que interpreta a heroína, falou sobre a performance de Angelina Jolie nos dois filmes lançados no início dos anos 2000:

"Ela é uma personagem muito amável e cresci jogando os games. Lembro que fiquei animadíssima quando tinha 15 anos e vi os filmes de Jolie. Ela realmente transformou a personagem em um ícone com essas produções."

Já sobre a personagem em si, Alicia declarou o seguinte:

"Ela tem toda aquela força, rigidez, curiosidade e inteligência características a sua personalidade, mas nós a despimos de toda sua vasta experiência. Neste reboot, ela não teve sua aventura. Ela ainda pensava que estava presa a essa vida moderna de mulher de negócios do subúrbio de Londres até que tudo se abre diante dela. É aí que as coisas começam. Nesta produção veremos esta personagem tão amada por outros ângulos."

A atriz aproveitou para falar um pouco sobre as cenas de ação que veremos em 2018:

"Assim como no filme ‘A Onda’, temos muitas sequências na água. Os dois últimos dias de gravação eu fiquei em um tanque. No total, fiquei 16 dias totalmente encharcada ou submersa na água. Em uma cena em questão, nós gravamos no centro olímpico de rafting, onde eu fui jogada dentro do rio com as minhas mãos atadas! Isso acontece cerca de 50 vezes e eu nem precisei atuar, sou reagir a tudo aquilo."

Trailer: 


Tomb Raider: A Origem conta com roteiro de Geneva Robertson-Dworet e direção de Roar Uthaug, e conta com os atores Alicia Vikander, Hannah John-Kamen, Dominic West, Daniel Wu, Antonio Aakeel e Walton Goggins. O longa tem previsão de chegar aos cinemas no dia 16 de março de 2018.

Fonte: www.comicbookmovie.com & Trailers Nosferahcorp

terça-feira, 19 de setembro de 2017

SUPERMAN: THE MOVIE - EXTENDED CUT GANHARÁ VERSÃO EM BLU-RAY

Por J. B. 

A Warner Bros. anunciou que a versão estendida em Blu-Ray do longa Superman The Movie irá chegar ao mercado americano no final do ano, em um box com a versão do cinema.  

Essa versão estendida, de cerca de 188 minutos vem com extras, incluindo comentários do diretor Richard Donner, três documentários, testes de tela, cenas restauradas e excluídas, além de muito mais.

Sinopse:

Jor-El (Marlon Brando), um renomado cientista, prevê a destruição do seu planeta, Krypton, e alerta o governo, que não lhe dá credito. Assim, decide salvar seu único filho, Kal-El, mandando-o para a Terra, onde ganha superpoderes graças ao sol amarelo. Na Terra, ele usa o nome de Clark Kent (Christopher Reeve) e já adulto trabalha como repórter no Planeta Diário, na cidade de Metrópoles. 
 
Mas quando uma situação inesperada põe em risco a vida de Lois Lane (Margot Kidder), uma colega de trabalho, ele é obrigado a se revelar para o público, ficando conhecido popularmente como Superman. Descontente com o surgimento de um super-herói na cidade, Lex Luthor (Gene Hackman), um gênio do mal, o obriga a se desdobrar para evitar a morte de milhões de pessoas.

Superman: The Movie - Extender Cut contou com a direção de Richard Donner, roteiro de Mario Puzo, Leslie Newman e Tom Mankiewicz, com os atores Christopher Reeve, Marlon Brando, Gene Hackman, Margot Kidder e Terence Stamp. Com uma trilha magistral composta pelo John Williams.

Fonte: www.heroichollywood.com

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

LIAM NEESON DIZ QUE NÃO FARÁ MAIS FILMES DE AÇÃO

Bruce Banner


Nos anos 2000,a carreira de Liam Neeson,mudou completamente. O ator,mais conhecido por seus trabalhos em dramas consagrados como,A Lista de Schindler e Gangues de Nova York, repentinamente tornou-se um astro dos filmes de ação por causa da franquia Busca Implacável. No entanto, não espere um retorno do norte-irlandês ao gênero que revitalizou sua carreira:

"Os produtores continuam me oferecendo muito dinheiro para fazer esses filmes. Mas eu digo: 'Pessoal, já tenho 65 anos! O público eventualmente vai cansar de me ver nesses filmes!'", revelou o ator.

Para os fãs do ator, será preciso esperar pelo lançamento de Mark Felt, filme em que Neeson interpreta o Garganta Profunda, agente do governo que ajudou a expor o maior escândalo político da administração de Richard Nixon: o caso Watergate. Mark Felt: The Man Who Brought Down The White House ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Fonte:adorocinema.com.br

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

SEGUNDO RUMORES DOIS NOMES ESTARIAM NA FILA PARA O PAPEL DE SHAZAM

Por J. B. 

Segundo o site Heroic Hollywood o lutador de WWE John Cena é o ator Joshua Sasse, estariam cogitados para o papel do Super-herói Shazam.  

Atualmente o diretor David F. Sandberg está procurando atores para a produção, que será conjunta entre a New Line com a Warner Bros.  Atualmente John Cena está filmando o spin-offs da franquia Transformer, Bumblebee, e desde as primeiras noticias sobre a produção do filme o nome dele vem sendo associado, pelo fãs, ao personagem.   

Diferente do que se poderei pensar, o anti-herói Black Adam, não será o vilão dessa aventura, ao que parece o personagem, que será interpretado pelo Dwayne "The Rock" Johnson, terá um filme solo.  Shazam conta com roteiro de Henry Gayden e produção de Michael E. Uslan, com lançamento previsto para 2019.

Fonte: www.heroichollywood.com

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

MORREU AOS 76 ANOS O ATOR SONNY LANDHAM

Bruce Banner


Sonny Landham,ator que ficou conhecido por interpretar Billy,em O Predador,faleceu devido a uma insuficiência cardíaca congestiva em um hospital de Lexington, Kentucky, nos Estados Unidos. Ele tinha 76 anos.

Sonny também interpretou um policial em Warriors – Os Selvagens da Noite e Billy Bear em 48 horas.

O ator tentou uma carreira política.Em 2003 tentou se candidatar à vaga de governador de Kentucky, mas não venceu nas nomeações de seu partido na época.

Fonte:jovemnerd.com.br

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

NETFLIX ANUNCIA NOVA SÉRIE DOS CAVALEIROS DO ZODÍACO

Bruce Banner



Os Cavaleiros do Zodíaco ganhará uma nova série exclusiva na Netflix. O anúncio foi feito durante um evento em Tóquio.

O seriado se chamará Knights of The Zodiac,terá 12 episódios de 30 minutos e será escrito por Eugene Son, de Avengers: Secret Wars. A história moderniza e renova o visual dos Cavaleiros para os dias atuais.

Os Cavaleiros do Zodíaco é uma das maiores franquias de animação do mundo, com uma receita total de mais de US$ 1,1 bilhão desde 1986 e o mangá original de Kurumada já vendeu mais de 35 milhões de cópias no mundo.

Fonte:omelete.com.br
 
BlogBlogs.Com.Br